Conheça a principal medida de defesa contra o coronavírus


Por Letras Ambientais
sexta, 28 de fevereiro de 2020


No dia 25 de fevereiro, registrou-se no Brasil o primeiro caso do novo coronavírus (Covid-19). Em 13 de março de 2020, já havia um total de 151 casos confirmados no País. 

Um mapa interativo da proliferação global da doença foi lançado em janeiro de 2020, pelo Centro de Ciência e Engenharia de Sistemas, da Universidade Johns Hopkins, de Baltimore, nos Estados Unidos. Os dados são da Esri, empresa americana desenvolvedora do ArcGIS, e mostram, em tempo real, a propagação do novo coronavírus pelo mundo.

Confira neste link o mapa global, com número de casos confirmados do Covid-19, além da quantidade de pessoas recuperadas e de óbitos, por país. O mapa interativo já teve mais de 86 milhões de acessos pelo mundo.

>> Leia também - Coronavírus: distância social é essencial para conter epidemia no Brasil

A notícia da chegada do Covid-19 foi recebida com apreensão pelos brasileiros, colocando em destaque uma pergunta: como se proteger contra a disseminação alarmante do coronavírus? Uma das primeiras sugestões dos médicos é: lave as mãos, mas faça-o da maneira correta.

O fato é que, segundo os especialistas, lavar as mãos de forma adequada, durante cerca de 20 segundos, é a primeira defesa contra o coronavírus. Provavelmente, você não costuma lavar as mãos por tempo suficiente para eliminar bactérias, vírus e outros micro-organismos, que estão espalhados por todos os lugares.

Em tempos de coronavírus, devemos mudar alguns de nossos hábitos. Neste post, você vai fazer o teste para saber se está lavando as mãos corretamente. Esta é a principal arma de defesa na luta contra o coronavírus. A medida, simples e prática, pode evitar sua contaminação e de pessoas da sua família.

Um estudo da Michigan State University, publicado em 2013, observou os hábitos de lavagem das mãos de 3.749 estudantes, em diferentes banheiros, dentro e fora do campus, em uma cidade universitária.

A conclusão foi que 95% das pessoas não lavaram as mãos corretamente. A pesquisa mostrou também os seguintes resultados: 10% das pessoas sequer lavaram as mãos; 23% lavaram-nas, mas sem sabão; e 67% lavaram as mãos com sabão e água, mas por tempo insuficiente. Apenas 5% lavaram as mãos por 15 segundos ou mais, com uso de sabão e água corrente.

O estudo também mostrou que as mulheres eram muito mais higiênicas que os homens. Veja abaixo o percentual que lavou as mãos com água e sabão, por gênero:

As mãos são a parte do corpo em que tocamos em tudo. “Há mais bactérias em suas mãos do que em qualquer outro lugar", diz Terry Platchek, da Faculdade de Medicina de Stanford. Suas mãos coletam bactérias, vírus e outros microorganismos de qualquer superfície ou pessoas, transferindo-os para outras pessoas ou para você mesmo.

A maioria das bactérias e micro-organismos é passada de um lugar para outro. Raramente, paramos para pensar em como transferimos germes, vírus e micro-organismos ao tocarmos em coisas, que mais tarde terão o contato de centenas de outras pessoas. 

Os germes em suas mãos podem ser transferidos para você mesmo, tocando seus olhos, nariz ou boca. Pela comida e bebida, durante a preparação ou consumo. Tocando em outros objetos, como corrimãos, maçanetas, mesas e outros. Esses mesmos micro-organismos podem contaminar outras pessoas.

Um hábito cultural bastante arraigado no Brasil é o aperto de mãos, abraçar e cumprimentar pessoas com beijos. É preciso ter cuidado com essa prática. Ela é potencialmente perigosa, em tempos de coronavírus.

Médicos dizem que lavar as mãos não é garantia contra infecções por coronavírus ou qualquer outra doença. No entanto, fornecerá uma primeira defesa mais forte contra doenças. Muitos micro-organismos, presentes nas mãos, podem causar infecções graves. Por isso, lavá-las bem é a única maneira de retirar os micróbios da pele.

Passo a passo para lavar as mãos corretamente

Você pode seguir as etapas abaixo para evitar contaminação, especialmente o risco de uma epidemia no Brasil por coronavírus. A doença vem se propagando em praticamente todo o mundo.

Siga as etapas a seguir para garantir que todas as partes das suas mãos estejam limpas. É uma forma de se proteger e defender também outras pessoas próximas.

1. Molhe bem as mãos. Molhar as mãos permite produzir mais espuma para a limpeza. A temperatura da água não faz diferença, mas a água extremamente quente pode irritar a pele. Feche a torneira para economizar água. 

2. Aplique sabão suficiente para cobrir as duas mãos. Sabão comum é adequado. Estudos mostram que os sabonetes antibacterianos têm pouco benefício adicional.

 

3. Ensaboe as mãos, esfregando-as de mãos dadas.

4. Esfregue a palma da mão direita nas costas da mão esquerda, entrelaçando os dedos e, em seguida, alterne a esquerda para a direita.

5. Esfregue as palmas das mãos com os dedos entrelaçados.

6. Esfregue as costas dos dedos e unhas nas palmas das mãos em concha com os dedos juntos.

7. Esfregue o polegar esquerdo girando e esfregando-o na palma da mão direita. Faça o mesmo com o polegar direito e a palma da mão esquerda.

8. Esfregue a palma da mão esquerda com os dedos entrelaçados da mão direita e vice-versa.

9. Enxágue com água corrente. Uma bacia de água parada pode estar contaminada por uso anterior.

10. As mãos molhadas ainda podem transportar germes, por isso seque bem com uma toalha de uso único ou secador de ar. Lembre-se de usar uma toalha para fechar a torneira, pois ela pode estar contaminada.

11. Sem sabão? Você pode utilizar álcool gel para as mãos, pois seu teor alcoólico mata germes. Verifique se ele contém 70% de álcool.

Quando você deve lavar as mãos?

Os pesquisadores recomendam que você lave as mãos ou utilize álcool gel principalmente nas seguintes situações:

  Depois de usar o banheiro;

  Antes de comer;

  Sempre que suas mãos estiverem visivelmente sujas;

  Depois de manusear carne crua;

  Mais frequentemente, se você tiver um resfriado ou gripe;

  Depois de assoar o nariz;

  Depois de alimentar ou brincar com um animal de estimação;

  Depois de tratar um corte ou ferida;

  Após descartar o lixo;

Após pegar em maçanetas de portas.

Outras medidas para se prevenir do coronavírus 

O coronavírus é transmitido por gotículas de saliva e muco, que se espalham pelo ambiente. Por isso, a principal forma de prevenção é lavar as mãos com água e sabão, frequentemente. Mas há uma série de outras recomendações que devem ser adotadas contra a proliferação do coronavírus.

  Ventilar o ambiente;

  Evitar aglomerações em áreas fechadas;

  Evitar contatos manuais, pois a mão invariavelmente está contaminada;

  Carregar sempre um frasco de álcool gel na bolsa.

  Ao espirrar e tossir, cobrir o rosto com o cotovelo flexionado ou com lenço descartável;

  Não compartilhar objetos pessoais, como copos, chimarrão, travesseiros, talheres;

  Manter distância de pessoas que apresentem sintomas, como tosse, coriza e febre;

  Fortalecer seu sistema imunológico, com uma boa alimentação, prática de exercícios e ingestão de bastante água.

  O uso de máscaras é recomendado apenas em situações locais de surto intenso.

  Procurar atendimento de saúde, em caso de sintomas, como tosse, coriza, dor de garganta e febre.

  Evitar sair de casa se estiver doente;

  Também é importante evitar a circulação de notícias falas (fakes news) sobre o coronavírus, gerando “infodemia” ou desinformação.

Conclusão

O surto de coronavírus, em vários países, coloca em alerta a adoção de boas práticas de higiene e de convivência social, visando reduzir a assustadora velocidade de propagação da doença. No Brasil, autoridades reforçam que não há motivo para pânico, pois não há uma epidemia da doença.

Porém, seguir as orientações deste post é uma forma de você cuidar de si mesmo e de quem está ao seu redor. É o caminho para prevenir o contágio de doenças perigosas e ainda pouco conhecidas pela ciência, como é o caso do coronavírus. Faça sua parte e comece aprendendo a lavar as mãos corretamente. Compartilhe estas informações com seus familiares e amigos.

Como foi o seu teste na lavagem de mãos? Você está no grupo dos que lavam as mãos corretamente? Está disposto a mudar de hábitos pela luta mundial contra o coronavírus? Que outra medida você acrescentaria a esta lista?

*Com informações e ilustrações do USA Today.

**Atualizado em: 13.03.2020, às 17h17.

Gostou do texto? Compartilhe com seus amigos:



Artigos Relacionados

Pesquisa

Atualização da radiografia da seca no Nordeste, em fevereiro de 2020

Pesquisa

Novas pistas podem esclarecer definitivamente origem do óleo no Nordeste

Pesquisa

Satélite brasileiro detecta mancha de óleo e amplia cena do vazamento no Litoral do RN

Inscreva-se

Deixe aqui seu e-mail e receba nossas atualizações.


×

Se você gosta do nosso trabalho, colabore com a manutenção desta plataforma.